Como foi o último concurso para Médico Legista da Polícia Civil de Minas Gerais?

Esperando o novo edital para a Polícia Civil de Minas Gerais? Confira neste artigo como funcionou o último certame para Médico Legista e saiba como se preparar para o próximo concurso!

O Governador de Minas Gerais, Romeu Zema, anunciou, no dia 07/07/2021, a autorização de novo concurso para a Polícia Civil do Estado. Segundo ele, “Teremos, depois de 8 anos, um novo concurso com 688 vagas para todas as carreiras, visando fortalecer a segurança do povo mineiro”.

A Polícia Civil de Minas também divulgou, em uma rede social, a expectativa de vagas por cargo. A previsão é de que sejam até 9 para Médico Legista.

Pensando nesta nova oportunidade que está por vir e nas dúvidas dos concurseiros sobre como funciona o concurso para a carreira no Estado, preparamos este artigo com a análise do último edital. Assim, conhecendo o certame, você terá elementos para organizar seus estudos e iniciar sua preparação. Vamos entender?

Informações gerais:

O último concurso para Médico Legista foi realizado em 2013 e organizado pela banca FUMARC. Foram oferecidas 121 vagas, o salário inicial era de R$ 5.446,78 e a jornada de trabalho era de 40 horas semanais.

Requisitos:

Dentre os requisitos para ingresso na carreira, o candidato precisava possuir nível superior, correspondente a graduação em Medicina, a ser comprovado mediante a entrega de cópia autenticada de diploma ou de Certidão expedida por Faculdade reconhecida pelo Ministério da Educação, na data da posse.

Etapas:

O concurso contou com as seguintes etapas:

  • Prova de Conhecimentos Objetiva;
  • Avaliação Psicológica;
  • Exames Biomédicos e Biofísicos;
  • Investigação Social;
  • Curso de Formação Policial.

Prova objetiva:

A prova objetiva durou 4 horas e foi composta por 60 questões objetivas de múltipla escolha das seguintes disciplinas:

  • Medicina Legal: 35 questões
  • Psiquiatria Forense: 10 questões
  • Patologia: 05 questões
  • Língua Portuguesa: 05 questões
  • Direitos Humanos: 05 questões.

Cada questão valia 1 ponto e foram considerados aprovados os candidatos que obtiveram o mínimo de 50% do total das respostas corretas e que não zeraram qualquer uma das disciplinas.

Avaliação psicológica:

A Avaliação Psicológica tinha como objetivo avaliar o candidato nos seus aspectos de inteligência, aptidões específicas e características de personalidade adequadas ao exercício profissional, apuradas por meio de instrumentos objetivos da Psicologia, em processo realizado pelo Setor de Psicologia da Divisão Psicopedagógica da Academia de Polícia Civil de Minas Gerais de acordo com o Art. 80, item VII da Lei nº 5.406 de 16 de dezembro de 1969, Lei Complementar 84/05 e Lei 113/10.

Ao final da avaliação, os candidatos era classificados como aptos ou inaptos. Todos os detalhes estão no item 8 do edital, que você confere ao final deste artigo.

Exames biomédicos e biofísicos:

As fases dos Exames Biomédicos e dos Exames Biofísicos ocorreram em momentos distintos: primeiramente os candidatos aprovados foram submetidos aos Exames Biomédicos e os aptos estavam habilitados para se submeterem aos Exames Biofísicos.

Os Exames Biomédicos objetivavam aferir se os candidatos gozavam de boa saúde física, se não eram portadores de doenças, sinais ou sintomas que os inabilitassem ao exercício da função policial e, ainda, se possuíam acuidade visual e auditiva compatíveis com a carreira policial.

Já os exames biofísicos foram compostos dos seguintes testes:

  • Flexão de braço;
  • Agilidade e coordenação motora;
  • Corrida de 50 metros rasos;
  • Teste de cooper.

As especificações dos testes e suas respectivas informações estão no Anexo II do edital, que você confere ao final deste artigo.

Investigação social:

A investigação social consistia em preencher o Boletim de Investigação Social e em apresentar documentos pessoais. Foram analisados fatores como:

  • Prática de ato tipificado como ilícito penal;
  • Prática, em caso de servidor público, de transgressões disciplinares;
  • Prática de ato que possa importar em repercussão social de caráter negativo ou comprometer a função de segurança e confiabilidade da Instituição Policial;
  • Dependência química (drogas lícitas e/ou ilícitas).

Curso de Formação Policial

O Curso foi estruturado em duas fases, conforme a seguir:

I – Fase de Formação, estruturada em três eixos:

a) Eixo I: Formação Humana, Histórica e Social

b) Eixo II: Formação Técnico-Procedimental (profissionalizante)

c) Eixo III: Formação Integrada (Teoria e Prática).

II – Fase de Treinamento, consistente em estágio com a prestação de serviços em Unidades Policiais, sem prejuízo da frequência às aulas do Curso.

Os Aspirantes foram submetidos a avaliação por frequência e a uma prova final.

A Avaliação de Frequência é a apuração individual, por disciplina ou atividade curricular, da assiduidade e pontualidade durante o curso, sendo considerado infrequente o Aspirante que deixar de comparecer a mais de 25% das aulas ministradas por área temática ou atividade curricular.

Já a Prova Final versa sobre o conteúdo programático das disciplinas ministradas na Malha Curricular do Curso de Formação Policial e teve o valor de 100 pontos, tendo sido aplicada em duas etapas, cada uma com duração de 04 horas:

  • Genérica: 60 questões de múltipla escolha, com valor de 1 ponto cada uma delas, abordando conteúdos diversificados;
  • Específica: questões téorico-práticas discursivas e pertinentes ao desempenho próprio da carreira, com valor de 40 pontos.

Por fim, foram considerados aprovados no Concurso os Aspirantes que obtiveram, no mínimo, 60% do total de pontos distribuídos na Prova Final (somando as duas etapas: Genérica e Específica) do Curso de Formação, e que não foram considerados infrequentes.

É importante lembrar que, durante o curso, os Aspirantes fizeram jus a uma bolsa de 50% da remuneração.

Quer se preparar para o próximo concurso?

O Supremo muito se orgulha de ser o curso que mais aprova no Brasil há mais de uma década! E unindo toda nossa vasta experiência, preparamos um curso específico para te ajudar: Médico Legista da PCMG!  

Neste curso, você terá aulas novas e específicas, coordenação da professora e médica patologista Luciana Gazzola, corpo docente experiente e qualificado e todos os diferenciais da nossa plataforma. Além disso, também terá acesso à garantia de edital: se o edital for publicado até o dia 31/12/2021, você ganhará, gratuita e automaticamente, acesso ao nosso curso de 1ª etapa Edital Publicado!

Clique aqui e conheça a turma: https://www.supremotv.com.br/policia-civil-minas-gerais-2021-medico-legista-pre-edital

Gostou deste artigo? Compartilhe com os amigos!

Clique aqui e acesse o último edital:

http://www.fumarc.com.br/imgDB/concursos/edital_medico_legista-20130117-143905.pdf

Acesse nosso site, supremotv.com.br, e siga-nos no Instagram: @supremotv.

Aproveite para seguir nosso canal no Telegram! Divulgamos conteúdos exclusivos e em primeira mão para você saber de editais e notícias antes de todo mundo! Faça parte agora mesmo: bit.ly/TelegramSupremo.

Compartilhe este post!

Nenhum comentário - Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

RSS feed para comentários neste post. TrackBack URL

Deixe seu comentário