Concurso Delegado Polícia Civil ES: Edital Publicado

Concurso Delegado Polícia Civil ES: Edital Publicado

As inscrições estão abertas e serão 33 vagas para o cargo de Delegado de Polícia Civil do Espírito Santo.

Um dos editais mais esperados do ano foi publicado! O primeiro edital para concurso de Delta de 2019! E é no Espírito Santo!

Está no Diário Oficial do ES, publicado em 22/03/2019: abertas 33 vagas para o concurso de Delegado do Espírito Santo. O salário inicial é de R$ 10.058,56

Supremo é o curso que mais aprova candidatos nos concursos para DPC. Analisamos a banca Instituto Acesso e sabemos o que deve ser feito para você ser aprovado neste concurso.

Abaixo, você confere os principais pontos deste Edital.

Serão apenas nove disciplinas na etapa objetiva (que será realizada no dia 14 de julho de 2019, na Região Metropolitana de Vitória/ES). Assim, os candidatos enfrentarão 120 questões distribuídas da seguinte maneira:

  • 25 questões de Direito Penal.
  • 25 questões de Direito Processual Penal.
  • 20 questões de Direito Administrativo.
  • 15 questões de Direito Constitucional.
  • 15 questões de Noções de Criminologia
  • 05 questões de Direito Civil
  • 05 questões de Direitos Humanos.
  • 05 questões de Medicina Legal.
  • 05 questões de Legislação Estadual

Será classificado quem conseguir apenas 50% da pontuação da prova objetiva.

As datas das outras etapas ainda serão divulgadas em editais a serem publicados.

Em data a ser definida, acontecerá a etapa dissertativa (2ª fase) para os candidatos que obtiverem 50% da pontuação na objetiva.

A prova discursiva constará de questões discursivas referentes às seguintes disciplinas:

  • Direito Constitucional (1 questão) – 20 pontos
  • Direito Penal (1 questão) – 20 pontos
  • Direito Processual Penal (1 questão) – 20 pontos
  • Peça Prática – 60 pontos

Serão descontados até 05 pontos de erros de natureza gramatical. Os 165 primeiros classificados serão convocados para a terceira fase.

As demais fases do concurso compreendem:

  • Exames de Aptidão Física, de caráteres eliminatório e classificatório
  • Exames de Sanidade Física e Mental, de caráteres eliminatório e classificatório
  • Exames Psicotécnicos, de caráteres eliminatório e classificatório
  • Prova Oral, de caráter eliminatório e classificatório
  • Provas de Títulos, de caráter classificatório.
  • Comprovação de Prática Forense ou Atividade Policial, de caráter eliminatório
  • Sindicância e Vida Pregressa, de caráter eliminatório
  • Curso de Formação Profissional, de caráter eliminatório

Conforme observado, o edital EXIGIU a prática jurídica ou atividade policial, que deve ser de, no mínimo 03 (três) anos de prática forense após a conclusão do curso de bacharel em Direito ou 03 (três) anos de atividade policial em qualquer instituição de segurança pública prevista no art 144 da Constituição Federal.

O candidato deverá comprovar, seguindo os critérios da Instrução De Serviço 430/2018 da PCES:

  • Atividade exercida privativamente por bacharel em Direito
  • Efetivo exercício da advocacia, com participação anual em cinco atos privativos de advogado em causas ou questões distintas (vale advocacia voluntária)
  • Exercício de cargos, empregos ou funções públicas que exijam conhecimento jurídico (inclusive magistério superior)
  • Exercício da função de conciliador junto ao poder judiciário: serão computadas 16 horas/mês para cada ano.
  • Exercício regular das atividades de mediação ou arbitragem
  • Atividade policial (Policia Federal, Policia Rodoviária Federal, Polícia Ferroviária Federal, Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros).

Estágio acadêmico ou qualquer outra atividade anterior à obtenção do grau de bacharel em Direito não são contabilizados para efeitos de comprovação de prática jurídica.

Mas se você, por exemplo, é policial militar, policial civil (investigador, escrivão) e acabou de se formar em Direito, pode concorrer à vaga de DPC no Espírito Santo.

O vencimento inicial (após concluído o curso de formação) para o cargo de Delegado de Polícia Substituto corresponde a R$ 10.058,56 (dez mil e cinquenta e oito reais e cinquenta e seis centavos), conforme Lei Complementar 844/2016, para uma jornada de 40 (quarenta) horas semanais, com dedicação exclusiva.

Ainda conforme legislação em vigor, eventualmente o delegado de polícia poderá receber outras vantagens financeiras decorrentes de promoção, progressão, serviço extraordinário, etc; chegando a R$ 18.762,98 (delegado especial).

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas até as 23h do dia 24 de abril de 2019. Para efetivação da inscrição é necessário o pagamento da taxa de R$ 138,00.

A Casa do Delegado vai junto com você até à Academia de Polícia! Por isto, aprovamos mais de 1.000 novos Delegados nos últimos anos!

 

O CURSO

Para auxiliar os alunos nesta preparação, o Time Supremo utilizou toda sua experiência para ofertar o curso online específico para DPC/ES, que começa no dia 08 de abril.

Serão 180 horas de preparação intensiva com Aulas Teóricas e Exercícios, preparação intensiva, resumos das aulas em PDF, bateria de questões, simulado inédito e o tradicional Hora H.

O Hora H, a super revisão de véspera, será no dia 13/07/2019 em Vitória! Será sensacional organizar o Hora H em terras capixabas, recebendo com todo carinho os alunos de todo o Brasil.

Aos estudos, porque julho está logo ali!

Compartilhe este post!

Nenhum comentário - Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

RSS feed para comentários neste post. TrackBack URL

Deixe seu comentário