Minha prova foi adiada. E agora?

Diante da pandemia de Covid-19, muitas provas foram adiadas e algumas ainda não têm nova data prevista. E agora, o que fazer? Confira neste artigo 10 dicas importantes para este momento. Continue a leitura!

Brasil e mundo vivem um momento muitíssimo delicado. A pandemia de Covid-19 e todas as medias de contenção de contaminação adotadas fizeram com que planos fossem refeitos e algumas metas repensadas.

Uma das várias mudanças deste período ocorreu no mundo dos concursos públicos. Inúmeras provas foram adiadas e alguns certames suspensos na tentativa de driblar a aglomeração de pessoas e de impedir a transmissão incontrolável do vírus.

Acontece que, apesar de necessários e urgentes, esses adiamentos têm causado um grande desconforto nos concurseiros. Se preparam por um longo tempo à espera de uma oportunidade – o que, naturalmente, já lhes causa ansiedade – e se deparam com esse cenário de incertezas. Se você é um deles, deve estar se perguntado: “e agora, o que fazer?”.

Pensando em tudo isso, listamos 10 dicas importantes para este momento. Vamos conferir?

1 – Descanse

Para começar, é preciso entender que você vem de um longo período de estudos. Além disso, tem vivido, há bastante tempo, uma rotina intensa de foco e disciplina. Tudo isso causa uma sensação de fadiga mental, principalmente se considerarmos que esses fatores estão aliados à ansiedade natural de todo estudante e às inseguranças do atual momento. É como se sua mente estivesse esgotada e precisasse se recompor. Para te ajudar a acabar com esse sentimento, nossa dica é: descanse. Se, depois de enfrentar os processos de adiamento, você ainda não fez isso, faça! É muito importante fazer uma pausa para renovar as energias. Se continuar estudando com todo esse cansaço, você provavelmente não conseguirá produzir da forma como pretende. Por isso, tire um dia para esfriar a cabeça, fazer outras leituras, se dedicar a alguma atividade de lazer de que goste, como assistir a filmes e séries, e, depois, retome sua rotina.  É preciso prosseguir.

2 – Verifique seu planejamento e reveja sua rotina

Sabemos o quanto é importante traçar um planejamento de estudos para nos auxiliar na organização e na disciplina. Você, muito provavelmente, fez isso quando começou a se preparar para seu concurso. Acontece que, como muitas coisas mudaram, seus dias também devem ter sofrido alterações. Possivelmente, você está passando mais tempo em casa ou não está gastando tanto tempo fora dela. Talvez agora tenha mais horas livres, por exemplo, considerando o contexto de home office, e menos compromissos, diante da suspensão de festas e eventos, ainda que familiares. Portanto, considere refazer sua organização, adequando seu período de estudos e seus afazeres com sua nova rotina. Assim, você conseguirá delimitar corretamente quanto tempo terá para estudar e quais os dias da semana serão dedicados a essa tarefa. Mas, caso ainda não tenha feito um planejamento, faça isso agora mesmo, pois ele vai transformar sua jornada de estudos!

3 – Continue estudando

Descansou e planejou sua rotina? Agora é hora de voltar a estudar! Uma de suas maiores aliadas em busca da aprovação é a constância. Por isso, é muito importante continuar se preparando, afinal, é inegável: as provas vão acontecer. Se apegue a este fato incontestável e mantenha o foco!

4 – Dedique-se aos conteúdos em que mais tem dúvidas

Que tal aproveitar este tempo até a realização das provas para, além de voltar a estudar todas as matérias do edital, focar naquelas em que você enxerga uma maior dificuldade? Faça essa análise e separe um tempo da sua rotina para se dedicar a esses conteúdos! Uma ótima forma de saber quais são as disciplinas em que você tem mais dúvidas é resolvendo questões, dica que será abordada mais detalhadamente no item a seguir.

5 – Resolva questões e faça simulados

As dicas deste tópico são ótimas técnicas de estudos. Com elas, você sente seus pontos de maior fragilidade e se prepara para enfrentar a prova.

Ao estudar por meio de treinamentos e errar algumas questões, você saberá exatamente o motivo que te impediu de acertá-las. Isso pode ter acontecido por falta de atenção na leitura do enunciado, por pressa para responder ou até mesmo por dificuldade no conteúdo. Se você não resolve questões e não erra, consequentemente não consegue enxergar aquilo que precisa ser melhorado em sua preparação. Portanto, a dica é: resolva questões de concursos anteriores para a mesma carreira que deseja. Isso fará total diferença no seu aprendizado.

Já com os simulados, você sentirá como se estivesse fazendo a prova. Para isso, o ideal é imprimir o caderno de questões, reservar o mesmo tempo descrito no edital para resolvê-lo e, depois, conferir o gabarito. Feito isso, separe as questões que errar para analisar qual a resposta correta e o porquê. Faça o mesmo com aquelas que acertar, pois as alternativas também servirão como uma excelente fonte de conteúdo.

6 – Revise as matérias do edital

Outra dica valiosa para esse momento é a revisão. Ela te ajudará a relembrar tudo aquilo que já estudou e servirá como um ponto de partida na identificação do que precisa ser estudado com mais afinco. Releu todos os cadernos e sentiu que não se recorda muito bem de alguns temas? Talvez seja interessante estudá-los novamente.

7 – Aproveite para estudar através de outros conteúdos

Cada concurseiro tem seus métodos de estudos próprios. Alguns assistem a vídeo-aulas, outros preferem se dedicar mais à doutrina e outra parcela, ainda, à lei seca. Mas, independentemente disso, fato é que diversificar as ferramentas de aprendizado pode ser muito benéfico, afinal, segundo estudos, estimular mais de um sentido ajuda substancialmente na absorção de conteúdo. Além disso, cada um desses métodos cumpre um papel diferente, e quanto mais você conseguir desenvolver todas as habilidades necessárias ao seu concurso, melhor. Por isso, tente acrescentar uma ou mais técnicas abaixo para te auxiliar nessa jornada:

– Assista a vídeo-aulas: os professores vão te guiar, te mostrar pegadinhas e te fornecer todo o conhecimento necessário à sua prova.

– Leia a lei: conhecer a legislação é muito importante para as provas, ainda que a banca não cobre apenas lei seca, pois a resolução de um caso concreto também pode ser exigida de você.

– Leia a doutrina: entender o que dizem os autores sobre os mais diversos temas te ajuda a diversificar seu pensamento, a demonstrar o conhecimento de várias correntes, te incute juízo crítico e aprimora seu vocabulário.

– Pesquise a jurisprudência dos tribunais: saber o que os tribunais têm decidido é muito relevante para seus estudos, principalmente porque as bancas têm investido muito em questões dessa natureza.

– Construa bons cadernos e faça mapas mentais: isso te ajudará a introjetar melhor a matéria, facilitará suas revisões e contribuirá para o aperfeiçoamento da sua escrita (não vale esquecer que muitos concursos têm questões abertas, hein?!).

– Ouça podcasts: essa ferramenta, cada vez mais utilizada, pode ser um excelente parceiro de estudos, tendo em vista que os episódios dos programas podem ser ouvidos enquanto você dirige ou durante uma atividade física, por exemplo. Invista nisso!

8 – Mantenha sua preparação para as outras fases do seu concurso

Se você vai enfrentar provas discursivas, orais ou testes de aptidão física e já começou a se dedicar a essas fases, mantenha sua preparação. Continue se exercitando – mantendo, obviamente, todas as medidas restritivas e de proteção contra a Covid-19 –, treinando sua escrita e sua oratória. Mas, atenção: tome cuidado apenas com a divisão de horários para cada uma dessas tarefas. Lembre-se de que, se você ainda não passou pela prova objetiva, ela é o primeiro passo para sua aprovação. Portanto, não atropele seus estudos. Faça seu planejamento e se organize!

9 – Tenha uma vida equilibrada

É muito importante manter uma vida equilibrada para que tudo flua bem. Estudar por horas e horas sem nenhum momento de descanso ou de lazer pode ser extremamente exaustivo e te sugar toda a energia. Por isso, tenha sempre um momento para cuidar de si. Equilíbrio é tudo! Não se esqueça disso.

10 – Cuide da sua saúde mental

Para a última dica é necessário entender que todos nós, sem exceção, precisamos cuidar da saúde mental. Sem ela, o cansaço e a ansiedade se intensificam, prejudicando nosso aprendizado e causando uma sensação de desgaste. Por isso, procure um profissional da área. Não tenha vergonha ou medo de falar sobre isso, pois é algo extremamente necessário, principalmente nesses tempos de incertezas. Corpo e mente precisam estar alinhados. Pense nisso!

Em resumo, por mais frustrante que seja o adiamento de uma prova ou a suspensão de um concurso, essas medidas foram necessárias. Agora, cabe a você, candidato, manter o foco e se preparar para quando a prova acontecer, pois essa hora vai chegar! Foque naquilo que você consegue controlar e entenda: tudo na vida é um processo, e você precisa estar pronto para enfrentá-lo!

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos!

Fique atento ao nosso site, às nossas redes sociais e prepare-se conosco!

Conheça nossos cursos em supremotv.com.br e siga-nos no Instagram: @supremotv.

Aproveite para seguir nosso canal no Telegram! Divulgamos conteúdos exclusivos e em primeira mão para você saber de editais e notícias antes de todo mundo! Faça parte agora mesmo: bit.ly/TelegramSupremo.

Compartilhe este post!

Nenhum comentário - Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

RSS feed para comentários neste post. TrackBack URL

Deixe seu comentário