Análise de Edital: Ministério Público de Minas Gerais

Foi publicado, no dia 27/05/2021, o edital para o concurso do Ministério Público de Minas Gerais! No total, são 60 vagas, com remuneração de 30.404,42. Confira neste artigo tudo o que você precisa saber sobre o certame!

  • INFORMAÇÕES GERAIS DO CONCURSO:

Publicação do edital: 27/05/2021

Vagas: 60, com as seguintes reservas:

  • 42 para ampla concorrência;
  • 6 para candidatos com deficiência;
  • 12 para candidatos negros.

Inscrições:

De 28/05/2021 a 26/06/2021 até às 23:59 (horário de Brasília).

Taxa de inscrição:

R$ 304,00, devendo ser paga até o dia 28/06/2021 às 20h00 (horário de Brasília).

Isenção da taxa de inscrição:   

O candidato comprovadamente desempregado, de acordo com a Lei Estadual nº 13.392, de 7 de dezembro de 1999, ou inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), que é regulamentado pelo Decreto nº 6.135, de 26 de junho de 2007, poderá requerer isenção do pagamento do valor da inscrição preliminar, a que se refere o item 4.3, no período de 28 de maio até 2 de junho de 2021.

As regras e os documentos que os candidatos devem apresentar para solicitar a isenção da taxa de inscrição estão no item 5 do Edital.

  • INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS

Requisitos: além dos requisitos gerais, conclusão do bacharelado em Direito e possuir, no ato da inscrição definitiva, no mínimo, três anos de prática de atividade jurídica exercida após a conclusão do curso de bacharelado em Direito.

De acordo com o Regulamento do concurso, a comprovação do período de três anos de atividade jurídica deverá ser feita no ato da inscrição definitiva do concurso, considerando-se para tal:

  • O efetivo exercício de advocacia, inclusive voluntária, com a participação anual mínima em cinco atos privativos de advogado (Lei n.º 8.906, de 4 de julho de 1994), em causas ou questões distintas;
  • O exercício de cargo, emprego, estágio de pós-graduação ou função, inclusive de magistério superior, que exija a utilização preponderante de conhecimentos jurídicos;
  • O exercício de função de conciliador em tribunais judiciais, juizados especiais, varas especiais, anexos de juizados especiais ou de varas judiciais, assim como o exercício de mediação ou de arbitragem na composição de litígios, pelo período mínimo de 16 horas mensais, durante 1 ano.

É vedada, para efeito de comprovação de atividade jurídica, a contagem de tempo de estágio ou de qualquer outra atividade anterior à conclusão do curso de bacharelado em Direito.

Também serão considerados atividade jurídica, desde que integralmente concluídos com aprovação, os cursos de pós-graduação em Direito reconhecidos, autorizados ou supervisionados pelo Ministério da Educação ou pelo órgão competente. Esses cursos deverão ter toda a carga horária cumprida após a conclusão do curso de bacharelado em Direito, não se admitindo, no cômputo da atividade jurídica, a concomitância de cursos nem de atividade jurídica de outra natureza.

Os cursos lato sensu mencionados deverão ter, no mínimo, um ano de duração e carga horária total de 360 horas-aula, distribuídas semanalmente.

Independentemente do tempo de duração superior, serão computados como prática jurídica:

  • 1 (um) ano para pós-graduação lato sensu;
  • 2 (dois) anos para mestrado;
  • 3 (três) anos para doutorado.

Os cursos de pós-graduação lato sensu ou stricto sensu que exigirem apresentação de trabalho monográfico final serão considerados integralmente concluídos na data da respectiva aprovação desse trabalho.

Remuneração: R$ 30.404,42 em valores brutos.

Fases:

O concurso compõe-se de 5 etapas, conforme o artigo 5º do Regulamento do Concurso:

  • 1ª etapa – Prova Preambular, de caráter eliminatório e classificatório;
  • 2ª etapa – Provas Especializadas, de caráter eliminatório e classificatório;
  • 3ª etapa – Exame psicotécnico e exames de higidez física e mental, de caráter subsidiário;
  • 4ª etapa – Provas Orais, de caráter eliminatório e classificatório;
  • 5ª etapa – Avaliação de Títulos, de caráter classificatório.

>> Prova Preambular

A prova preambular, prevista para o dia 01/08/2021, de 09h00 às 13h00, será composta por 80 questões objetivas, sendo 20 para cada Grupo Temático, valendo 0,5 ponto cada uma:

Grupo Temático I

  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo
  • Direito Eleitoral
  • Direito Tributário e Financeiro
  • Teoria Geral do Ministério Público

Grupo Temático II

  • Direito Penal e Criminologia
  • Direito Processual Penal

Grupo Temático III

  • Direito Civil
  • Direito Processual Civil

Grupo Temático IV

  • Direito Material Coletivo
  • Direito Processual Coletivo

Segundo o Regulamento do concurso, serão considerados classificados na prova preambular os 320 candidatos que obtiverem as maiores médias, desde que alcancem nota igual ou superior a 5 em cada grupo temático ou que obtenham, no mínimo, média geral 6, e somente se houver apenas uma nota menor que 5 e nenhuma nota inferior a 4.

Todos os candidatos empatados na última posição de classificação serão admitidos às provas escritas especializadas, mesmo que ultrapassem o limite previsto no caput deste artigo.

>> Provas Escritas Especializadas

A segunda etapa do concurso, prevista para os dias 9 e 10 de outubro de 2021, de 8h às 11h e de 14h às 17h, será composta de 4 provas escritas especializadas, podendo haver, a critério da Comissão do Concurso, consulta à legislação desacompanhada de anotação ou comentário, vedada a consulta a obras doutrinárias, súmulas e orientação jurisprudencial.

As provas consistirão:

  • Na elaboração de peça processual ou dissertação sobre tema abrangido pelo programa, valendo 4 pontos;
  • Na redação de 3 questões dissertativas, valendo 2 pontos cada.

Segundo o Regulamento do concurso, a nota final de cada grupo temático será atribuída entre 0 e 10.

Além disso, será considerado classificado nas provas escritas especializadas o candidato que alcançar nota igual ou superior a 5 em cada grupo temático ou que obtiver, no mínimo, média geral 6, desde que haja apenas uma nota menor que 5, e nenhuma nota inferior a 4.

>> Exame Psicotécnico e Exame de Higidez Física e Mental

Os candidatos aprovados nas provas escritas especializadas serão encaminhados, às suas expensas, a exame psicotécnico e a exames de higidez física e mental.

>> Provas Orais

As provas oraisestão previstas para o período de 9 a 16 de dezembro de 2021. Os horários e o local serão divulgados no portal do Ministério Público de Minas Gerais. Será atribuída nota na escala de 0 a 10 ao candidato em relação a cada grupo temático e será considerado aprovado o candidato que alcançar nota igual ou superior a 5 em cada grupo temático ou que obtiver, no mínimo, média geral 6 e nenhuma nota inferior a 4.

>> Avaliação de Títulos

Após a publicação do resultado das provas orais, a Comissão do Concurso avaliará os títulos dos candidatos aprovados. A comprovação dos títulos deverá ser feita no momento da inscrição definitiva, considerados para efeito de pontuação os obtidos até então.

De acordo com o Regulamento do concurso, são considerados títulos:

  • Exercício de cargo, emprego ou função pública privativa de bacharel em Direito e de estágio de pós-graduação em Direito na Administração Pública, pelo período mínimo de 1 (um) ano até 5 (cinco) anos – 0,05; acima de 5 (cinco) anos – 0,10;
  • Exercício do magistério superior na área jurídica pelo período mínimo de 2 (dois) anos até 5 (cinco) anos – 0,05; acima de 5 (cinco) – 0,10;
  • Aprovação em concurso público para cargo, emprego ou função privativa de bacharel em Direito, desde que não tenha sido utilizado para pontuar no inciso I deste artigo, limitado a 1 (um) concurso público – 0,05;
  • Diplomas em cursos de pós-graduação:
  1. doutorado reconhecido ou revalidado: em Direito ou em Ciências Sociais ou Humanas – 0,20;
  • mestrado reconhecido ou revalidado: em Direito ou em Ciências Sociais ou Humanas – 0,15;

c) especialização em Direito, na forma da legislação educacional em vigor, com carga horária mínima de 360 (trezentos e sessenta) horas-aula, limitada a 1 (uma) especialização – 0,10;

  • V – publicação de obras jurídicas:

a) livro jurídico de autoria exclusiva do candidato, limitado a 1 (um) livro – 0,15;

b) artigo ou trabalho de autoria exclusiva publicado em obra jurídica coletiva ou revista jurídica

especializada, com conselho editorial, limitada a 1 (uma) publicação – 0,05;

>> Resultado final do concurso

A nota final dos candidatos aprovados será a soma das médias das notas das provas preambular, especializadas e oral, dividido o resultado por 3, acrescentando-se, em seguida, os pontos conferidos aos títulos, conforme estabelece o art. 10 do Regulamento do Concurso.

Havendo empate na classificação final dos candidatos aprovados, incluindo-se os candidatos beneficiários das vagas reservadas, serão observados os critérios estabelecidos no art. 11 do Regulamento do Concurso:

Art. 11. Para efeito de desempate entre os candidatos aprovados com a mesma pontuação, inclusive entre os beneficiários das vagas reservadas, terá preferência, após a observância do disposto no parágrafo único do artigo 27 da Lei Federal n.º 10.741, de 2 de outubro de 2003 (Estatuto do Idoso), sucessivamente, o candidato que:

I – obtiver maior média nas provas escritas especializadas;

II – obtiver maior média nas provas orais;

III – obtiver maior média na prova preambular;

IV – obtiver maior pontuação nos títulos;

V – tiver maior idade, assim considerando ano, mês e dia de nascimento;

VI – ter exercido a função de jurado, por força do art. 440 do Código de Processo Penal;

VII – persistindo a igualdade, o desempate será determinado por sorteio, em sessão pública.

A Comissão do Concurso procederá ao julgamento final do concurso e publicará o seu resultado no Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Minas Gerais. O resultado será publicado em 3 listas, uma geral, contendo a pontuação de todos os candidatos, e 2 específicas, com a pontuação dos candidatos com deficiência e dos candidatos negros.

  • PREPARAÇÃO PARA O CONCURSO

O Supremo vai com você até a aprovação!

Para te auxiliar nesta preparação, utilizamos toda nossa experiência para ofertar um curso específico: Promotor de Justiça de Minas Gerais Edital Publicado! Um curso com aulas novas, plano de estudos, resumos em PDF, apostilas de conteúdo complementar, aulas com legendas, acelerador de vídeos, canal de dúvidas e o melhor corpo docente do Brasil.

Clique aqui e conheça nosso curso: https://www.supremotv.com.br/promotor-de-justica-de-minas-gerais-lviii-concurso-edital-publicado

Para acessar o edital e o regulamento do concurso, clique aqui: https://www.mpmg.mp.br/acesso-a-informacao/concursos/membros/lviii-concurso-de-promotor-de-justica-substituto/lviii-concurso-de-promotor-de-justica-substituto.htm

Fique atento ao nosso site, às nossas redes sociais e prepare-se conosco! Acesse: supremotv.com.br e siga-nos no Instagram: @supremotv.

Aproveite para seguir nosso canal no Telegram! Divulgamos conteúdos exclusivos e em primeira mão para você saber de editais e notícias antes de todo mundo! Faça parte agora mesmo: bit.ly/TelegramSupremo.

Compartilhe este post!

Nenhum comentário - Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

RSS feed para comentários neste post. TrackBack URL

Deixe seu comentário