É preciso estudar informática para concursos de Delegado?

Informática é uma matéria exigida em concursos de Delegado? Esta é uma dúvida muito recorrente entre os concurseiros que almejam a Carreira. Curioso para saber em quais Estados a disciplina é cobrada? Continue a leitura!

Pensando nas dúvidas mais frequentes sobre a Carreira de Delegado, o Supremo criou a série A Casa do Delegado Informa. Analisamos o último edital de cada um dos 27 Estados do país e também o de Delegado Federal para te esclarecer tudo sobre as Carreiras! Em nosso 2º episódio, falaremos sobre a cobrança do conteúdo de Informática nestes concursos. Continue acompanhando nossas publicações para tirar suas dúvidas e ficar por dentro de todas as informações!

Quais Estados cobraram Informática em seu último edital?

  • Roraima, em 2003;
  • Amapá, em 2017;
  • Amazonas, em 2009;
  • Acre, em 2017;
  • Rondônia, em 2014;
  • Ceará, em 2014;
  • Rio Grande do Norte, em 2008;
  • Paraíba, em 2008;
  • Alagoas, em 2012;
  • Bahia, em 2018;
  • São Paulo, em 2017;
  • Paraná, em 2020.

É importante destacar que o último concurso para Delegado em Roraima ocorreria, na verdade, em 2018. Neste ano, o edital não previa a disciplina de Informática. Todavia, este certame foi cancelado. Portanto, considerando este fato, o último concurso para o cargo ocorreu, efetivamente, em 2003, quando a matéria foi exigida.

No Estado do Amapá, o edital previa 4 perguntas de Informática. Já no Acre, em Rondônia, no Ceará e na Paraíba, os candidatos precisariam responder a 5 questões.

No Paraná, o edital publicado neste ano de 2020 prevê 5 perguntas da disciplina. O concurso anterior, que ocorreu em 2013, previa o dobro: 10 questões.

Em São Paulo, a Informática foi cobrada juntamente com Direito Civil e Medicina Legal. O edital previa 16 questões totais para estes conteúdos.

Nos Estados do Amazonas, Rio Grande do Norte, Alagoas e Bahia, este aspecto das provas funcionou de forma diferente. Em todos estes certames, a Informática foi exigida no bloco de perguntas sobre conhecimentos básicos, mas não havia previsão específica de quantas questões da disciplina seriam cobradas. Os editais fizeram uma previsão geral do número de questões, da seguinte forma:

  • No Amazonas, a prova de conhecimentos básicos era compostas por 45 questões, incluindo, além de Informática, Língua Portuguesa, História e Geografia do Estado, Raciocínio Lógico e Atualidades.
  • No Rio Grande do Norte, este segmento de provas objetivas era composto de 30 questões, incluindo Língua Portuguesa e Atualidades.
  • Em Alagoas, os candidatos precisariam resolver 50 questões nas provas de conhecimentos básicos, incluindo, além da disciplina de Informática, a de Português.
  • Por fim, na Bahia, a prova objetiva contou com 30 questões de conhecimentos gerais, incluindo Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Atualidades, Promoção da Igualdade Racial e de Gênero, Medicina Legal, Noções de Administração e Leis Específicas.

E para não deixar de mencionar, os seguintes Estados não cobraram Informática em seu último edital:

  • Pará, em 2016;
  • Tocantins, em 2014;
  • Maranhão, em 2017;
  • Piauí, em 2018;
  • Pernambuco, em 2016;
  • Sergipe, em 2018
  • Mato Grosso, em 2017;
  • Goiás, em 2018;
  • Distrito Federal, em 2014;
  • Mato Grosso do Sul, em 2017;
  • Minas Gerais, em 2018;
  • Espírito Santo, em 2013;
  • Rio de Janeiro, em 2012;
  • Santa Catarina, em 2014;
  • Rio Grande do Sul, em 2018.

Como o concurso para Delegado do Espírito Santo de2019foi anulado, consideramos o anterior, de 2013, como sendo o último para a Carreira no Estado. Apesar disso, vale dizer que a matéria em questão não foi cobrada em nenhuma destas duas seleções.

Por fim, este conteúdo também não foi exigido no concurso para Delegado de Polícia Federal de 2018.

Agora, responda: qual sua reação ao saber que Informática cairá em sua prova? Fica preocupado ou se sente tranquilo com relação à matéria? Como estão os seus estudos da disciplina? Ouça agora mesmo o episódio do Supremo Cast sobre este tema! Nossos apresentadores conversaram com um grande especialista no assunto! Dentre os pontos tratados no bate-papo, o convidado apontou os maiores erros no estudo da Informática, deu diversas dicas importantíssimas de como se preparar da melhor maneira possível, tratou dos concursos em que disciplina aparece com maior recorrência, citou os conteúdos que mais aparecem nas provas e alertou sobre os cuidados necessários com pegadinhas. Ele também abordou a importância de iniciar os estudos antes da publicação do edital, indicou por quais temas começar e ensinou diversos pontos da matéria durante a conversa, citando exemplos do nosso cotidiano de forma leve e descontraída.

Você pode ouvir o episódio em todas as plataformas de podcast ou assistir pelo YouTube, através destes links:

Spotify: https://open.spotify.com/episode/51EArDMyGEO4X3vfstw0UX?si=oDIFJ1DfQ9yLeMvB8owZ4w

YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=_ougXWiBvQE

E você sabe quais estados exigem prática jurídica ou policial para o concurso de Delegado? Leia nosso primeiro episódio da série clicando aqui: https://blog.supremotv.com.br/quais-estados-exigem-pratica-para-o-cargo-de-delegado/

Gostou deste conteúdo que preparamos para você? Compartilhe com seus amigos!

Fique atento ao nosso site e às nossas redes sociais! Acesse: supremotv.com.br e siga-nos no Instagram: @supremotv.

Aproveite para seguir nosso canal no Telegram! Divulgamos conteúdos exclusivos e em primeira mão para você saber de editais e notícias antes de todo mundo! Faça parte agora mesmo: bit.ly/TelegramSupremo

Compartilhe este post!

Nenhum comentário - Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

RSS feed para comentários neste post. TrackBack URL

Deixe seu comentário