É preciso ser inteligente para passar em concurso público?

Essa é uma pergunta muito frequente entre os concurseiros, que sempre vem aliada à dúvida de como se preparar da melhor forma possível para concursos públicos.

Para falar sobre o assunto, o Delegado de Polícia Federal e professor Humberto Brandão escreveu um artigo contando a experiência que adquiriu com os estudos, desde o início de sua preparação até os dias atuais, exercendo função pública e lecionando. Confira!

“Uma crença que povoa a mente de muitos estudantes é a de que somente os superdotados conseguem aprovação em concurso público. Mas será que esta crença tem fundamento?

Ao longo dos anos, a experiência como concurseiro, professor e servidor público federal me levou a uma profunda incursão pelo universo dos concursos, deixando-me em permanente contato com realidades de diversos matizes.

Pessoas com histórias diferentes, mas com um único propósito: ser aprovado no concurso público dos seus sonhos. A observação quase empírica revelou-me a característica comum daqueles que conseguiram alcançar esse desiderato, o seu perfil identitário, ou seja, o atributo que notabiliza e distingue os vencedores, mas que não se trata de uma qualidade genética superlativa. É isso mesmo que você leu. Não é uma característica hereditária ou tampouco um fator genético que ressai como ponto comum entre as pessoas bem-sucedidas nos concursos públicos, mas sim um conjunto de habilidades comportamentais e de bons hábitos.

Partindo desta constatação, é possível afirmar que qualquer pessoa é capaz de passar em um concurso público, independentemente da origem, da idade, da cor, da etnia, do credo e da classe econômica. Independentemente de ser ou não inteligente. Aliás, posso afiançá-los que:

A aprovação no concurso público é resultado dos candidatos mais preparados e não dos candidatos mais inteligentes.

A aprovação no concurso requer uma adequação do seu estilo de vida, porque, dentro do que ordinariamente acontece, trata-se de um investimento de médio/longo prazo e, por conseguinte, o grande desafio não é ser inteligente e sim estar disposto a pagar o preço.

A propósito, é importante destacar que estudos científicos revelam que a inteligência se aprende, porque não é necessariamente um fator genético, como a cor dos olhos. Em outras palavras, a inteligência pode ser influenciada pelo aprendizado. Os estudos também demonstram que os genes responsáveis pela inteligência podem ser equiparados a um balde, enquanto o aprendizado durante a vida seria a água que enche o balde. Assim, quanto maior a sua educação, mais rápido você enche o balde de água (Revista Superinteressante, 2008).

É exatamente por isso que especialistas em educação afirmam que em cada um de nós existe uma “escada da inteligência” e que todo dia devemos subir um degrau. Trata-se de um ciclo de aprendizado e crescimento intelectual paulatino e diário.

Quando falamos de crescimento intelectual paulatino e diário, estamos nos referindo a um estilo de vida que exige sacrifício e disciplina. Estudar regularmente com desejável nível de organização e planejamento nos ordena a fazer escolhas difíceis. Aliás, se existe uma inteligência necessária para a aprovação no concurso público, esta inteligência é a capacidade de fazer escolhas, de trocar o prazer momentâneo pela futura conquista; é a maturidade para entender que o tempo é um componente indissociável da equação do sucesso e, por conseguinte, deve ser respeitado; é a habilidade de renunciar o hoje em prol do amanhã.

Com efeito, o que os anos de vivência na área do concurso público me ensinaram é que a aprovação depende da somatória de esforços repetidos diariamente e que os servidores públicos de hoje, um dia fizeram suas escolhas de acordo com a grandeza de seus objetivos.”.

Humberto Brandão

Professor e Delegado de Polícia Federal

E você, sonha em também se tornar um Delegado de Polícia Federal? Então prepare-se conosco! Somos A Casa do Delegado, referência nacional em Carreiras Policiais!

Alcançamos o índice de 65% dos aprovados no certame de 2013 e 56% dos candidatos aprovados no concurso 2018! E mais: fomos o único curso do Brasil a preparar os candidatos para todas as fases: objetiva, discursiva, peças práticas, teste físico e prova oral!

Com nosso curso regular para Delegado de Polícia Federal, você terá aulas totalmente novas, atualizadas e com o melhor corpo docente do Brasil!

O módulo conta com aulas teóricas, aula específica e exclusiva de Atribuições da Polícia Federal, aula de peças práticas de polícia judiciária, resumos em PDF e simulados mensais para revisão de conteúdo.

E para tornar sua preparação ainda mais completa, matriculando-se no curso você ganhará o módulo de Julgados STF e STJ, para estudar as decisões mais relevantes e recentes destes Tribunais!

Além de tudo isso, você ainda conta com nossos outros diferenciais, como acelerador de vídeos (assista em até 5 velocidades diferentes), canal de dúvidas, aulas com legendas e aplicativo para assistir suas aulas off-line no celular ou tablet!

Clique aqui, conheça nosso curso e comece a se preparar agora mesmo! Quem começa a estudar antes da publicação do edital sai na frente! Acompanhe nosso site e nossas redes sociais para ficar sempre por dentro de todas as novidades do mundo dos concursos!

Acesse: supremotv.com.br e siga-nos no Instagram: @supremotv.

Compartilhe este post!

Nenhum comentário - Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

RSS feed para comentários neste post. TrackBack URL

Deixe seu comentário